Jovens empreendedores: em busca de novas possibilidades e realizações!

Autora: Mariane Ourique de Abreu


A turma de empreendedorismo de São José do Rio Preto recebeu na manhã do dia 31 de agosto, no AELUZ, a visita do empreendedor Ulisses Cury Neto, proprietário da empresa Beatcycle, um studio de bike indoor. Ulisses proporcionou uma dose extra de ânimo para a turma, com toda a sua simpatia, expertise, gentileza e alegria, ao explicar a partir de sua visão particular, os principais itens relevantes que se deve atentar ao empreender.

"Para mim, ser bem-sucedido é quando você é altamente pago por algo que você pagaria para fazer." Depoimento do empresário Ulisses Cury Neto.

Transcender para a sociedade o que de fato esses empreendedores acreditam, propagando suas missões, visões e valores por meio dos seus empreendimentos é mais que uma inspiração, mas um belo exemplo de cidadania. E os alunos que ainda buscam aplicar tudo isso da melhor maneira possível, acreditando e investindo seus primeiros passos nos ombros de empresas consagradas e em professores competentes para ensinar da melhor maneira possível,  é apaixonante.


De forma didática, Ulisses categorizou 3 tipos básicos de empreendedores, sendo eles:


  • O Pessimista, que define sua meta abaixo de uma realidade possível por não acreditar nas adversidades positivas, se apega apenas ao famoso "Se".

  • O Realista, que elabora suas metas no patamar mais seguro possível, evitando uma maior amplitude, pois se mantém preso a sua capacidade atual.

  • E por fim, o Visionário, com o qual ele se identifica, que lança alto suas metas buscando sempre mais e tornando o 100% sempre inatingível para que assim tenha cada vez mais motivos para subir mais e mais.

Diante disso, ele destacou a diferença entre ambição e ganância. Ser ambicioso é um botão motivador da nossa personalidade, enquanto o ganancioso é um desvio. Destaque este, que deve ser mantido em mentes empreendedoras continuamente. Mas não se antecipe, haverá muito mais coisas para se manter em mente!


Ainda dentro da definição visionária, orientou os alunos sobre a frustração e expectativas que, segundo ele, devem ser mantidas no nível 0%. Dessa forma se vive mais motivado e desprendido das possibilidades negativas.


Ampliando as orientações, aconselhou o desenvolvimento de habilidades. Desenvolver técnicas pessoais para atingir seus objetivos de maneira mais assertiva e autêntica. Deu como exemplo, ele mesmo, ao precisar se destacar aos 10 anos de idade na empresa do pai para conseguir mais vendas, pois queria não só comprar o lanche da escola, mas também seus brinquedos. E amarrado a isso, mostrou que ser exemplo é o melhor que se pode fazer para gerir uma equipe.

"Suas atitudes falam mais alto que suas palavras".

A leitura de livros voltado para o empreendedorismo e de técnicas de desenvolvimento pessoal e intelectual, segundo Ulisses é o melhor amigo do empreendedor. Suas indicações são: "Os segredos de uma mente milionária", "Pai pobre e Pai Rico", "O negócio do século XXI" e "O poder do hábito".


Nesta fase do bate papo, evidenciou o poder da disciplina, conselho este diretamente interligado em ser bom exemplo, já explanado. Elucidou que ter medo faz bem ao empreendedor, pois o mantém mais próximo possível da sua realidade e estabilidade financeira, assegurando que em momentos de crises é onde se têm mais possibilidades de sucesso e quando grandes empresários obtiveram êxitos.


Fez a pergunta: "quanto tempo posso viver se vender tudo o que tenho hoje?", baseado em experiências e em aconselhamentos que obteve, chegando à conclusão que teria um fim e a partir disso, aconselhou investimentos independentes do trabalho e do empreendimento principal dos alunos, para que possam ter mais segurança financeira.


Por fim, mostrou à turma com muito bom humor e energia que empreender é mais que o simples fato de fazer algo que renda dinheiro, é um desafio pessoal diário sobre se tornar uma pessoa melhor e trabalhar intensamente os próprios instintos e visão sobre as variáveis cotidianas de um empresário.

"Nos ofereceu um banquete de motivação, cardápio este que deve ser seguido no café, almoço e jantar por qualquer empreendedor." Depoimento da aluna Mariane Ourique de Abreu

Confira as fotos deste encontro!



Conecta Copersucar | Copersucar | Instituto Crescer

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Rua Cubatão, 929 cj 101 
CEP 04013-043 - Vila Mariana 
São Paulo - SP - Brasil

+55 11 4550-3910